RETROFIT

RETROFIT – UMA NOVA LEITURA PARA AS NOSSAS CIDADES

As transformações que nos rodeiam têm os mais variados impactos no nosso cotidiano. Estamos mudando a forma de viver e de nos relacionar com o que possuímos e ocupamos. Para as novas gerações, o desejo de possuir muitas coisas passa a não fazer mais sentido e a ideia de consumir por demanda cresce em vários segmentos. A palavra compartilhar passa a ter uma outra dimensão e um dos melhores exemplos é o Uber. O aplicativo americano está transformando a forma de se locomover e a aquisição de automóveis em todo o mundo.

Essas mudanças de atitude e de comportamento têm impacto direto na nossa relação com as cidades. As pessoas estão procurando experiências que atendam as suas necessidades de forma mais simplificada e imediata, onde estão cada vez mais presentes os apelos por uma vida sustentável, compartilhada e com processos automatizados. Em um futuro próximo, a complexidade e a burocracia de uma locação imobiliária convencional não será mais aceita. Para este exemplo, quando o cliente conhecer ou encontrar um modelo de locação por aplicativo onde possa fazer a compra com cartão de crédito e receber num e-mail – ou qualquer outro tipo de mensagem eletrônica – poucos vídeos tutoriais do que fazer e como já pegar as chaves do imóvel, será o ponto de partida para nunca mais querer outro tipo de relação com a locação de imóveis.

Nessa nova realidade, além de nós, profissionais, mudarmos a forma de projetar e interpretar a vida das pessoas, temos que nos aprimorar em transformar o que já existe e talvez aí exista uma grande oportunidade de atuação para engenheiros e arquitetos. Dá-se o nome de Retrofit esta atividade de produzir uma reforma ou adaptação de um imóvel pronto, transformando seu uso. Analisando-se o crescimento dos centros urbanos, agregado às transformações tecnológicas e de comportamento, quantas não são as oportunidades de projetos e negócios para tal especialidade? As vantagens da revitalização e modernização dos imóveis existentes são muitas. Em vários casos, podem ser mais rápidas do que uma nova construção. Normalmente, os materiais usados eram de ótima qualidade, como assoalhos de madeira maciça, mármores e granitos. Restaurados, esses elementos podem trazer uma boa economia ao projeto. Os espaços também eram mais amplos, o que facilita as alterações. A reutilização de prédios que são patrimônio histórico, a revitalização das áreas centrais das metrópoles, entre outros, são apenas algumas de muitas boas soluções para o futuro das cidades.

Hoje, com a esperança na retomada do crescimento econômico e a perspectiva de que nosso país seja não seja só o país em construção do “minha casa minha vida”, mas também o país da transformação urbana, faz com que profissionais criativos fiquem cada vez mais atentos ao Retrofit e a nova leitura para nossas cidades.

 

Alex De Giorgio

Diretor da Lógica Engenharia e Especialista em Gestão de Obras

alexdegiorgio@terra.com.br

São José do Rio Preto/SP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
(17) 3235-1821, (17) 3211-9860,
(17) 3305-3721, (17) 3305-3731,
17 99627-0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br