MAMOPLASTIA

Dr. Renato J. Freitas, Cirurgião Plástico, CRM 99768, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP),
São José do Rio Preto/SP

As opções para melhorar o aspecto dos seios flácidos e quando essa cirurgia precisa ser aliada ao uso de silicone.

A plástica de mama sempre é uma das cirurgias mais realizadas em todo o mundo. A correção das mamas caídas, que também é conhecida como mastopexia, é um assunto de interesse geral e, por isso, abordo algumas dúvidas neste artigo.
A cirurgia de remodelamento da mama pode ou não ser associada ao uso de implante de silicone?
Depende da textura e densidade do tecido mamário, que pode ser predominantemente fibroglandular ou gorduroso. Se a mama for muito flácida quando se palpa e tem excesso de pele, pode significar que predomina a gordura em sua consistência e, neste caso, pode ser necessário o uso de um implante pequeno para dar mais firmeza. O motivo é que o cirurgião precisa remodelar a mama usando pontos para se aproximar os tecidos e, se esse tecido aproximado não tiver uma densidade adequada, então o resultado poderá ser perdido e/ou durar pouco.
Podemos remodelar a mama com gordura?
O volume do seio é determinado por, basicamente, tecido mamário e gordura. Quando o cirurgião plástico utiliza suas técnicas para remodelar a mama, ele precisa aproximar os tecidos que vão dar sustentação, formato e projeção mamária (além de ressecar o excesso de pele pendente). Geralmente, a gordura do próprio seio não tem essas características para nos trazer um bom resultado estético. Nestes casos, o cirurgião pode utilizar de gordura vinda de uma lipoaspiração de outras regiões do corpo para realizar uma lipoenxertia (enxerto de gordura) nas mamas.
O grau de flacidez influencia no uso ou não de silicone na mastopexia?
A escolha de se utilizar prótese no remodelamento da mama leva mais em conta o excesso de pele pendente e a densidade da mama do que apenas a ptose (queda da mama). Em casos com grande perda de peso ou após a amamentação, o médico pode sugerir o uso de um implante para tentar trazer de volta a estética perdida.
O que pode ser feito para evitar a prótese, caso a paciente não queira usá-la?
A paciente pode optar ou não pela prótese e o cirurgião avalia e explica os benefícios do uso ou não uso destas. A maioria das técnicas atuais de remodelamento mamário para mamas com grande flacidez e perda de volume envolvem o uso do Silicone ou mesmo da lipoenxertia para um resultado melhor.

ADQUIRA A REVISTA
No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
(17) 3235-1821, (17) 3211-9860,
(17) 3305-3721, (17) 3305-3731,
17 99627-0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br