LIBERTE-SE

Dr. Renato J. Freitas, Cirurgião Plástico, CRM 99768, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP),
São José do Rio Preto/SP, (17) 3227-0508.

Deixar a vergonha de lado é o primeiro passo na conversa com o cirurgião plástico, principalmente, em procedimentos íntimos

Já escutei a palavra vergonha em meu consultório inúmeras vezes e em diferentes contextos. Pacientes acanhadas em relatar algum tipo de desconforto com seu corpo, principalmente em áreas íntimas. Neste momento, o médico cirurgião plástico inicia a consulta humanizada que irá permitir que a paciente sinta-se a vontade e, consequentemente, relate com clareza e sem tabus o que a incomoda. Independente de qual cirurgia esteja sendo discutida no consultório médico, é importante que as pacientes mantenham em mente que para o cirurgião plástico tudo é encarado com naturalidade, pensando sempre na melhor técnica a ser utilizada para garantir o resultado esperado. Então, deixe a vergonha do lado de fora do consultório e converse com seu médico! Percebi um aumento significativo de mulheres procurando pela cirurgia íntima. A Ninfoplastia ou Labioplastia é a cirurgia plástica dos pequenos lábios vaginais, conhecidos também como ninfas. Com maior exposição do corpo feminino em revistas, cinema, internet, etc., as mulheres puderam perceber diferenças naturais existentes na anatomia genital externa e fazer comparações, identificando um modelo estético mais agradável às ninfas e aos grandes lábios. Mas, normalmente as questões vão muito além da estética. Alterações anatômicas dos pequenos lábios vaginais podem trazer desconforto funcional, interferindo na higiene pessoal, no uso de roupas mais justas, na prática de alguns esportes, no transcurso sexual e na vaidade feminina de maneira geral. A Ninfoplastia quando necessária pode ser realizada a partir da puberdade, pois é quando já ocorreu o crescimento corporal completo. O procedimento dura em média 40 minutos e é feito com anestesia local acompanhada de sedação para evitar o estresse e ansiedade da paciente. Para o pré-operatório o médico solicita exames simples e a recuperação no pós também é tranquila, desde que a paciente siga a risca todas as recomendações do cirurgião plástico. Agora um alerta importante! Quando decidir por qualquer procedimento estético ou cirúrgico é seu dever, enquanto paciente, se inteirar sobre a formação do seu médico, conhecimento técnico/prático para realizar tal fim, sua reputação e de preferência procurar por indicações e relatos de outros pacientes. As consequências de não fazer isso são sérias e podem, em alguns casos, colocar em risco não só o resultado, mas a sua saúde. Escolheu o médico que você confia? Agora é hora de se cuidar.

www.drrenatojfreitas.com.br

ADQUIRA A REVISTA
No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
(17) 3235-1821, (17) 3211-9860,
(17) 3305-3721, (17) 3305-3731,
17 99627-0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br