DRESS CODE

Esporte, passeio, social ou black-tie. Se o convite exige um traje específico, saiba como você deve se vestir para o evento

O traje social ou a rigor normalmente são as escolhas para uma festa de casamento. Já um aniversário, dependendo do local e do horário, pode ser mais descontraído, com convidados desfilando em looks esportivos. A escolha da roupa para cada evento pode gerar dúvidas, mesmo quando o convite já especifica o traje ideal. Para ajudar, esclarecemos sobre o significado dos mais comuns:
O “traje esporte” é o que permite mais liberdade, com tecidos casuais, como o jeans, o algodão e a sarja. As mulheres têm sinal verde para vestidos florais, saias, calças, bermudas, pantacourts, batas e blusinhas. O make é mais leve e os cabelos podem ser soltos. Para os homens, calças, camisetas polo, bermudas e sapatos street estão liberados. Nos chamados “esporte fino”, “tenue de ville” ou “passeio”, as mulheres podem apostar em saltos um pouco mais altos e grossos, tecidos mais finos, alfaiataria em calças e casaquinhos, vestidos fluidos até os joelhos e macacões elegantes. No visual masculino, se o evento for ao cair da noite, terno e gravata são indispensáveis, além de sapato e cinto social.
O “traje social”, também chamado de “passeio completo”, significa formalidade e sofisticação. As mulheres devem investir em materiais nobres, como joias elaboradas, sedas, chiffon e bordados. Salto alto e bolsas pequenas são os acessórios perfeitos para acompanhar os longos ou “curtos” arrasadores. Para os homens, terno preferencialmente escuro, gravatas, camisas finas e até um relógio clássico. “Gala”, “a rigor” ou “black tie” são sinônimo de “tapete vermelho”. Os longos com brilho e rendas sempre foram ideais para as convidadas, acompanhados de saltos altíssimos e clutchs que lembram joias. Cabelo e maquiagem merecem algumas horas de atenção. Para os homens, smoking preto, camisa branca e gravata borboleta.

O elegante terno da Aramis é perfeito para um casamento que pede traje “social” foto: Divulgação

Luxo e sofisticação marcam os looks das festas com traje “a rigor” ou “black tie”. Nestes vestidos longos da “Manas Redentora”, em Rio Preto, os bordados com brilho vão atrair todos os olhares. Foto: Paulo Melegatti

O conjunto de tecido confortável da grife UMA | Raquel Davidowicz permite desfilar em festas que pedem traje “esporte” ou “esporte fino”.
Foto: Ze Takahashi /Ag. Fotosite

Assinado por Fabiana Milazzo, este midi com brilhos e plumas será sempre bem-vindo nas festas com convidados vestindo “social completo”
Foto: Marcia Fasoli e Ale Schneider

O vestido vermelho da marca Karine Fouvry Paris é um modelo arrebatador para um coquetel com traje “tenue de ville”
Foto: Ze Takahashi /Ag. Fotosite

A versão “esporte fino” da marca VR.
Foto: Divulgação

Sugestão da Richards para uma tarde de traje “esporte”
Foto: Divulgação Richards

ADQUIRA A REVISTA
No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
(17) 3235-1821, (17) 3211-9860,
(17) 3305-3721, (17) 3305-3731,
17 99627-0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br