PIONEIRISMO FOTOGRÁFICO

O fotógrafo José Oiticica Filho (1906-1964) se tornou um marco da fotografia moderna brasileira ao criar uma linguagem que uniu arte e fotografia. Ainda que propusesse enquadramentos inovadores, sua arte fotográfica dizia respeito à criação em laboratório. JOF dizia que era ali que a fotografia emergia na sua plenitude e o fotógrafo/revelador mostrava sua maestria. Sem dúvida, José Oiticica Filho foi um fotógrafo de vanguarda, que figura entre os grandes fotógrafos do início do século 20, como o russo Aleksandr Rodtchenko (1891–1956), o húngaro László Moholy Nagy (1895 – 1946), os norte-americanos Man Ray (1890 – 1976) e Alvin Langdon Coburn (1882 – 1966).
A vasta produção de José Oiticica Filhos pode ser vista no MIS – Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, na mostra “Maio Fotografia”, que apresenta uma seleção de obras feitas entre 1942 e 1964, como microfotografias científicas realizadas durante seu trabalho como entomologista, a forte atuação nos movimentos cineclubistas, a quebra com o pictorialismo, os experimentos com a abstração, as composições geométricas, as recriações fotográficas a partir de manipulação de negativos, as definições e contrastes das fotos em preto e branco.

Onde Encontrar: Carlo Cirenza: 11 98929.6433; carlo.cirenza@gmail.com | Maio Fotografia no MIS 2018: até 31 de maio de 2018

ADQUIRA A REVISTA
Não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
17 3305-3721, 3305-3731,
3211-9860, 3235-1821
17 99627-0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br