TON SUR TON

Looks com a mesma paleta prometem ganhar as ruas em grande estilo nas estações mais frias do ano

Entre modelagens amplas, brilhos, veludo, streetwear de luxo e bombers, uma aposta de grande parte dos estilistas que chamou a atenção nos desfiles de moda Outono/Inverno foi o look de uma única cor, o color blocking, e – mais ainda – o “ton sur ton”, o famoso “tom sobre tom”, com nuances semelhantes compondo shapes cheios de estilo. Nos dois casos, o diferencial ficou por conta dos recortes e texturas, além das sobreposições, sempre bem vindas nas temperaturas incertas do inverno brasileiro.

A grife Lilly Sarti trouxe composições versáteis, para usar a qualquer hora do dia, com nuances rosa, preto e tons terrosos foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
A grife Lilly Sarti trouxe composições versáteis, para usar a qualquer hora do dia, com nuances rosa, preto e tons terrosos foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
A estilista mineira Fabiana Milazzo criou uma coleção em homenagem ao Brasil. Na passarela, ela mostrou a riqueza do nosso trabalho artesanal, elementos de fauna e flora e símbolos icônicos da cidades históricas de Minas e das metrópoles brasileiras. Tecidos nobres, como chiffon, organza e musseline de seda pura apareceram em vestidos de festa godê, como o da foto foto_Marcia Fasoli
A estilista mineira Fabiana Milazzo criou uma coleção em homenagem ao Brasil. Na passarela, ela mostrou a riqueza do nosso trabalho artesanal, elementos de fauna e flora e símbolos icônicos da cidades históricas de Minas e das metrópoles brasileiras. Tecidos nobres, como chiffon, organza e musseline de seda pura apareceram em vestidos de festa godê, como o da foto foto_Marcia Fasoli
A GIG Couture apresentou influências urbanas associadas a moda street e retrô para seu Inverno 2017. O mood vem dos anos 70, 80 e 90, com uma cartela de cores que inclui o preto ônix, o mix de preto com dourado e preto com prata, verde militar e terracota. Na foto, o macacão, uma das peças-chaves da marca foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
A GIG Couture apresentou influências urbanas associadas a moda street e retrô para seu Inverno 2017. O mood vem dos anos 70, 80 e 90, com uma cartela de cores que inclui o preto ônix, o mix de preto com dourado e preto com prata, verde militar e terracota. Na foto, o macacão, uma das peças-chaves da marca foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
Da PatBo, a sofisticação do veludo molhado mesclada ao despojamento do tênis All Star em um look de festa
Da PatBo, a sofisticação do veludo molhado mesclada ao despojamento do tênis All Star em um look de festa foto_Marcia Fasoli e Alexandre Schneider
A grife Ellus completou 45 anos de história e lançou uma coleção cercada de elementos icônicos do DNA rockeiro, sem abrir mão do olhar contemporâneo. O guarda-roupa masculino da temporada trouxe jeanswear, alfaiataria e peças worker. Na cartela de cores, preto, branco, cinza e pontos de verde água e vermelho foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
A grife Ellus completou 45 anos de história e lançou uma coleção cercada de elementos icônicos do DNA rockeiro, sem abrir mão do olhar contemporâneo. O guarda-roupa masculino da temporada trouxe jeanswear, alfaiataria e peças worker. Na cartela de cores, preto, branco, cinza e pontos de verde água e vermelho foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
No  Inverno 2017 da Cotton Project, o relax é prioridade e se refletiu no uso de tecidos como o veludo, jeans, sarjas, nylon de seda, cetim de viscose, alpaca sintética e baja de algodão orgânico feito em tear manual. Nos shapes, a novidade ficou por conta da alfaiataria casual foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
No Inverno 2017 da Cotton Project, o relax é prioridade e se refletiu no uso de tecidos como o veludo, jeans, sarjas, nylon de seda, cetim de viscose, alpaca sintética e baja de algodão orgânico feito em tear manual. Nos shapes, a novidade ficou por conta da alfaiataria casual foto_Zé Takahashi / Ag. Fotosite
No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
17 3305.3721, 3305.3731,
3211.9860, 3235.1821
17 99627.0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br