HISTÓRIA RECONTADA

“A arquitetura colonial desta sede de fazenda foi renovada após o projeto de restauração e ampliação. Preservamos o desenho original das portas e esquadrias e criamos uma grande varanda anexada ao bloco principal, onde acomodamos uma cozinha externa com fogão a lenha. O novo espaço ficou perfeito para reunir os amigos e desfrutar a paisagem bucólica.” Marcelo Diniz, Mateus Finzetto e Deise Pucci

As portas e janelas originais da casa foram mantidas e valorizadas por molduras e cores contrastantes, como o azul e o amarelo (Franca Cores), além de charmosas maçanetas em louça (Casa das Fechaduras)
As portas e janelas originais da casa foram mantidas e valorizadas por molduras e cores contrastantes, como o azul e o amarelo (Franca Cores), além de charmosas maçanetas em louça (Casa das Fechaduras)

 

Na entrada principal, o caminho de pedras (Mundial Pedras e Telhas) foi emoldurado por jardins
Na entrada principal, o caminho de pedras (Mundial Pedras e Telhas) foi emoldurado por jardins

 

BotaoconfiraBotao-Assine-jaAdquiraREVISTAAnuncie

Não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
17 3305.3721, 3305.3731,
3211.9860, 3235.1821
17 99627.0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br