BLOCO ARQUITETOS

Distante do centro urbano de Brasília, esta casa de 400 m² propõe total integração com a vegetação nativa ao redor

Esta casa está localizada em uma região com algumas características de área rural, com grandes áreas abertas e vegetação nativa. Os clientes pediram um projeto que se integrasse à paisagem e a composição desenvolvida pelo nosso escritório foi feita de planos predominantemente horizontais, orientados no sentido leste/oeste, dividindo a parte norte e sul do terreno. As fachadas leste e oeste foram configuradas por empenas cegas, enquanto as fachadas norte e sul são quase sempre transparentes.

A proposta dos arquitetos foi destacar a paisagem através da arquitetura. Uma reserva natural ao sul e a oeste do terreno e sua topografia com forte declive em direção aos fundos do lote direcionaram a concepção. A fachada norte do terreno, mais exposta à rua, é para onde ficam voltadas circulações, rampas, jardins de acesso e áreas de serviço. A sala é a área central da casa, o único ambiente interno que se abre tanto para o norte quanto para o sul do terreno. Seu acesso acontece através de suaves rampas que cruzam o jardim frontal
A proposta dos arquitetos foi destacar a paisagem através da arquitetura. Uma reserva natural ao sul e a oeste do terreno e sua topografia com forte declive em direção aos fundos do lote direcionaram a concepção. A fachada norte do terreno, mais exposta à rua, é para onde ficam voltadas circulações, rampas, jardins de acesso e áreas de serviço. A sala é a área central da casa, o único ambiente interno que se abre tanto para o norte quanto para o sul do terreno. Seu acesso acontece através de suaves rampas que cruzam o jardim frontal
O platô existente foi utilizado para posicionar todos os ambientes internos em um só nível. Isso permitiu que a casa ficasse parcialmente escondida abaixo do nível da rua, proporcionando uma vista contínua em direção à vegetação existente. Na porção sul do terreno, voltada para a mata, foi configurada a zona íntima e o quintal para onde se abrem todos os quartos e cozinha, conectados por um piso contínuo em madeira
O platô existente foi utilizado para posicionar todos os ambientes internos em um só nível. Isso permitiu que a casa ficasse parcialmente escondida abaixo do nível da rua, proporcionando uma vista contínua em direção à vegetação existente. Na porção sul do terreno, voltada para a mata, foi configurada a zona íntima e o quintal para onde se abrem todos os quartos e cozinha, conectados por um piso contínuo em madeira
O teto-jardim funciona como uma extensão do quintal, uma plataforma de observação dos arredores, aberto para todos os lados. Proporciona conforto térmico durante todo o ano e reforça a continuidade visual entre rua, casa e mata nativa. Sua superfície é pontuada por cubos translúcidos suspensos do piso, estruturas em aço e vidro desenhadas para fornecer iluminação e ventilação naturais para os banheiros. À noite, estas peças funcionam como lanternas, levando a luz interna da casa para o exterior do terraço
O teto-jardim funciona como uma extensão do quintal, uma plataforma de observação dos arredores, aberto para todos os lados. Proporciona conforto térmico durante todo o ano e reforça a continuidade visual entre rua, casa e mata nativa. Sua superfície é pontuada por cubos translúcidos suspensos do piso, estruturas em aço e vidro desenhadas para fornecer iluminação e ventilação naturais para os banheiros. À noite, estas peças funcionam como lanternas, levando a luz interna da casa para o exterior do terraço

_MG_1667_foto_Haruo-Mikami_OK

 

Bloco Arquitetos  arquitetura e interiores SHCN-CL 202 Bloco B Salas 206 e 207 (61) 3201.6912  Brasília - DF  www.bloco.arq.br
Bloco Arquitetos
arquitetura e interiores
SHCN-CL 202 Bloco B Salas 206 e 207
(61) 3201.6912
Brasília – DF
www.bloco.arq.br

 

 

 

 

Não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
17 3305-3721, 3305-3731,
3211-9860, 3235-1821
17 99627-0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br