ADEGA VERSÁTIL

Austrália, com suas mais de 2.400 vinícolas e 100 variedades de uvas, é uma festa para enófilos em busca de sabor e diversidade:

Na longínqua Oceania, a Austrália invade o imaginário das pessoas com suas fauna e flora exóticas e história singular. O “continenteilha”, como também é chamado, também é reconhecido como um grande produtor de vinhos do Novo Mundo, por apresentar tintos e brancos quase sempre encorpados, complexos e elegantes. O tamanho do território e a localização no Oceano Índico favorecem a existência de diferentes climas no território australiano, que vão do desértico ao frio. Consequentemente, as regiões produtoras de vinhos são diversificadas. Estima-se que o país tenha mais de 2.400 vinícolas, com cerca de 100 variedades de uvas diferentes. A casta dominante é a Shiraz e, a seguir, vem a Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Grenache e Sémillon. A Austrália pode ser dividida em 7 grandes regiões vinícolas: Victoria, Nova Gales do Sul, Queensland, South Australia, Nothern Territory, Western Australia e Ilha da Tasmânia. É no Western, ou Oeste, que fica Margaret River, uma das maiores regiões vitivinícolas da Austrália, com clima Mediterrâneo e mais de 5 mil hectares plantados, entre uvas brancas (60%) e tintas (40%). Lá, estão a vinícola Leeuwin Estate – reconhecida principalmente por seus vinhos brancos Chardonnay e Semillon Sauvignon – e a Voyager Estate, que tem um dos melhores Cabernet Sauvignon do mundo. No sul, ou South Australia, estão outras regiões famosas de vinhos, só que sob o clima mais frio. A primeira é Barossa Valley, onde se encontram as vinícolas Peter Lehmann, a Henschke, a Schild State, a Penfolds – uma das pioneiras em vinhos de qualidade, como o Grange – e a Bremerton, com o consagrado rótulo Bremerton Matilda Plains Cabernet-Shiraz 2012. Outros destaques do Sul são as regiões de Adelaide Hills, com rótulos premium de Chardonnay, Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Riesling, Shiraz e Pinot Gris, e Mclaren Vale, onde está a Wirra Wirra, vinícola fundada em 1894. A região vinícola mais antiga da Austrália é Hunter Valley, em Nova Gales do Sul, com vinhas plantadas em 1820. É nesse lugar que se encontra a Brokenwood, uma cultuada vinícola, produtora do ILR Reserva Sémillon, um branco admirado por especialistas.

Não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

CONTATO

Av. Nadima Damha, nº 2.045
Jardim Yolanda
São José do Rio Preto | SP
17 3305-3721, 3305-3731,
3211-9860, 3235-1821
17 99627-0999 (Whatsapp)
comore@revistainterarq.com.br

Pautas
Sugestões enviar para redacao@comore.com.br